A Transilvânia não é só do Drácula, é também dos Cárpatos!!!

Saímos vivinhos e ilesos, prontos pra mais aventuras na região dos Cárpatos – a cadeia de montanhas que percorre 1500 km ao longo da República Tcheca, Eslováquia, Polônia, Romênia e Ucrânia.

Nosso ponto de parada foi a cidade de Brasov, uma cidade medieval de onde se tem acesso a vários pontos turísticos. A 15 km de Brasov, visitamos uma fortaleza em Rasnov, de onde se tem uma impressionante vista da cidade e cidades vizinhas. A 23 km de Brasov vimos o  Castelo de Bran ( tema do blog anterior) e a 43  km fomos ao incrível Castelo de Peles, em Sinaia, um castelo em estilo romântico do séc. XIX considerado um dos mais belos castelos da Europa.

As outras cidades que visitamos no país foram Sibiu ( a 160 km de Brasov ) e Sighisoara ( 128 km ), a cidade natal de Vlad Tepes. No percurso entre as cidades pudemos ver cidadezinhas que muito lembram Hamburgo Velho, pelo tipo de construções existentes e também o Astra Museu Park, um parque à céu aberto que mostra as diversas construções típicas da história da Romênia.

A Romênia, apesar de ser afastada do centro da Europa, é um país que pode ser visitado facilmente por vôos promocionais partindo de lugares mais famosos. A língua romena é bastante compreensível, lembrando muito o italiano e o espanhol. A maioria das pessoas   (garçons, taxistas, estudantes e vendedores) se esforça para falar um pouco de inglês o que facilita muito a vida do turista. Outro detalhe que chama a atenção é a saborosa culinária romena.

Próxima parada: Porto, Portugal.

Beijos e abraços

Claudia & Marcos

 

8 comentários

  1. Pelo tempo longe da terrinha iram ter dificuldade em falar português em Portugal, mas também lá muita gente fala inglês.
    Abraços e beijos e sempre acompanhando.

  2. Estou adorando… lugares lindos… fantástico, fotos lindas!
    bjo grande pra vcs!!
    Ale
    Ahhh, meu avô nasceu em Porto – Portugal! Vou amar ler o próximo post!
    Bjos!

  3. Estamos aprendendo sobre uma parte do mundo que a mídia e o turismo ocidental quase não esplora. Quero saber como são os preços por aí, as condiçoes sanitárias, e se tem muitos turistas. abração Raul Cassel

  4. Lugares muito simpâticos para terra de vampiros. O castelo de Peles, maravilhoso! Realmente tem fotos que se parecem com Hamburgo Velho. Sou de familia portuguesa. Até Portugal. Grande abraço/Bene

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s