A Lisboa de Fernando Pessoa!!

“Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver
Apesar de todos os desafios,
Incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
E se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si,
Mas ser capaz de encontrar um oásis
No recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um “não”.
É ter segurança para receber uma crítica,
Mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou
Construir um castelo …

Fernando Pessoa

Começo este post com um texto de Fernando Pessoa para falar da sua cidade natal -Lisboa, que tem por ele total admiração.

Lisboa é a maior cidade de Portugal e sua capital. Ela concentra diversas atrações históricas e culturais. No primeiro dia na cidade pegamos um autocarro ( ônibus) e fomos para a região de Belém, onde pudemos ver vários prédios em estilo Manuelino, como o lindo Mosteiro dos Jerônimos e também o munumento às descobertas e a Torre de Belém ( que ficam junto ao Rio Tejo). E é claro que não poderíamos sair de Belém sem comer os famosos Pastéis de Belém ( famosos e deliciosos).

Após Belém fomos ao centro, na região do Rossio e Baixo-Chiado onde se concentram lojas e restaurantes ( e turistas, é claro). Desse local é possível pegar o elevador da Santa Justa e chegar ao Carmo, onde estão o Convento e a Igreja do Carmo. Nesse local também é possível encontrar lojinhas de souvenir de portugueses ao contrário do Rossio e Baixo-Chiado onde Indianos tomaram conta desse tipo de comércio.

O melhor de todos os passeios é se perder pelas ladeiras da Alfama, observando os inúmeros tipos de azulejos que revestem as casas, vendo as Senhoras Portuguesas nas janelas estendendo roupas, descobrindo um pouquinho mais do que é o dia dia do morador. E perdendo-se chega-se ao Castelo de São Jorge, uma fortaleza no alto de uma colina no centro histórico de Lisboa, de onde se tem uma bela vista da cidade e do Tejo.

E para quem tem um tempo em Lisboa e que gosta de observar a vida marinha, o Oceanário é uma dica imperdível. Várias espécies da fauna e flora marinha estão ali representados e muito bem cuidados.

E chega ao fim o nosso passeio pelas terras portuguesas. Próxima parada: Alemanha. Encontramos com vocês lá, no próximo post.

Bis Bald  ( Até a próxima)

Claudia & Marcos

Um comentário

  1. Clau e Marcus, amei cada email de voces e viagei junto com todas os excelentes textos e fotos. Quando voces embarcam de novo?? hehehe.
    Mandem noticias! Beijos e saudades.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s