Dia 13 – La Serena, Valparaíso e Viña del Mar.

     Chegamos em La Serena na noite do dia 12, no único local onde não havíamos reservado hotel. Não reservar tem seus prós e seus contras. No nosso caso os contras foram que não tinha vaga em hotéis mais acessíveis e em outros queriam nos cobrar preços absurdos apenas para dormir sair cedo no outro dia pela manhã. Depois de rodar bastante encontramos o Marina Serena Hotel, uma casa antiga que foi reformada e tornou-se um simpático hotel para pessoas sem frescura como nós. Segue aí a foto:

     La Serena fica na região de Coquimbo e tem cerca de 200.000 hab. Suas praias garantem uma grande lotação no verão embora a temperatura da água seja fria, já que é banhada pelo Oceano Pacífico.

     A parte antiga da cidade apresenta a arquitetura única no país, dividindo-se por ser a maior zona típica do Chile. A cidade manteve sua arquitetura histórica e isso, juntamente com uma selecção de praias (conhecida como Avenida del Mar), fez com que a cidade se tornasse um centro turístico importante, atraindo muitos estrangeiros (a maioria deles argentinos de San Juan e Mendoza) em janeiro, e os moradores de Santiago fugindo do calor de fevereiro.

     Saímos da cidade rumo a Viña del Mar. A distância de La Serena à Viña é de 425km. No meio do caminho deparamos com uma grande obra Chilena – o Parque Eólico Monte Redondo e suas 24 torres, geradoras de 48mw de energia.

     O trajeto até Viña rendeu algumas paradas para contemplar visuais incríveis da costa.

     Chegamos à Valparaíso no meio da tarde. Valparaíso é uma cidade portuária que fica 117 km à noroeste de Santiago. Com seus prédios em estilo neoclássico e art noveau e suas casinhas coloridas, essa cidade é Patrimônio Cultural da Humanidade. Prédios modernos são praticamente inexistentes, conferindo à cidade um ar de quem ficou parada no século 19. Valparaíso é rodeada por 45 morros de onde se tem um lindo visual do Oceano Pacífico. Chegar a esses morros, ou cerros – como são chamados,  requer fôlego pra quem quiser fazer isso à pé. Quem não quiser, pode usar um dos diversos “ ascensores “ – espécie de elevadores existentes ao pé dos morros.

     Optamos por ficar no Cerro Artilleria para ter um visual privilegiado do porto.

     Na zona central e térrea da cidade,  a Plaza Sotomayor, local das primeiras construções da cidade,  encontra-se um belíssimo prédio azul, sede da Armada Chilena, e também o Monumento aos Heróis de Iquique.

     Somente à 10km de distância de Valparaíso, fica Viña del Mar, uma praia muito procurada pelos Chilenos. Seu cartão postal é o relógio das flores ( fico devendo a foto).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s