Moscou – Mausoléu de Lenin, Catedral de São Basílio e o Kremlin.

     Pra quem visita Moscou e tem algum tempo livre, uma das coisas no mínimo interessantes de se fazer é visitar o Mausoléu de Lenin.

     O Mausoléu fica junto aos muros do Kremlin, na praça vermelha. A visita é gratuíta porém não acontece todos os dias da semana ( nós fomos numa terça. Domingo e Segundas com certeza está fechado).

     Para entrar lá é necessário deixar câmeras fotográficas, de vídeo ou celulares num guarda-pertences pago, depois passa-se pelo detector de metais ( tambem usado para o acesso à praça vermelha ) e segue-se o caminho junto ao muro do Kremlin. Nesse caminho estão muitas lápides de pessoas ilustres mas por causa do alfabeto cirílico quase impossível identificar alguém.

     Seguindo o fluxo entra-se num prédio quadrado cujo interior é todo em mármore preto com detalhes em vermelho. A luz é super reduzida e dá um toque misterioso ao local. No meio da sala, sobre uma base de mármore e um caixão de madeira, repousa Lenin, intacto, em perfeito estado de conservação. A visão do local é surpreendente, tanto pelo fato de ser uma figura histórica como por ser um corpo embalsamado.

     Saindo do Mausoléu, logo à direita, está a linda catedral de São Basílio com suas cúpulas coloridas em formato de cebola. A entrada na catedral custou 250 rublos em maio/12 por pessoa. Seu interior é diferente de qualquer outra igreja que tenhamos entrado. No térreo, um pequeno museu mostra um pouco de história através de pinturas e artefatos. Subindo um lance de escadas chega-se em uma pequena capela adornada com pinturas e mostrando seus ícones de adoração. A parte interna da catedral é um conjunto de pequenas capelas, dispostas lateralmente, formando um labirinto à ser explorado. Na realidade para se ter uma idéia do interior basta imaginar que cada cúpula corresponde ao teto de uma capela. Muito interessante.

 

   Não podemos sair de Moscou sem falar do famoso Kremlin, a fortaleza,  protegida por enormes muros vermelhos. A entrada pode ser feita por dois pontos, ambos do lado oposto ao da praça vermelha. Existem diferentes tipos de tickets e diferentes preços. Há quem queira ver os tesouros ou entrar nas catedrais internas. Nós optamos por um acesso simples, aos jardins, de onde foi possível admirar todo o conjunto de prédios. Para essa entrada foi cobrado em maio/12 350 rublos por pessoa. O interior das muralhas é lindo e a visita é super válida. As imagens falam por si.

      E aqui nos despedimos de Moscou à caminho de um novo lugar a ser explorado – aguarde!!

     Até mais!

     Claudia & Marcos

4 comentários

  1. Hello, while following your amazing travels, I couldn’t help notice how many times you were puzzled by the Cyrillic alphabet. I’m a Romance language speaker as well, but I can say that Cyrillic is easy, and associating about 20 new characters (as many are already the same) with sounds should be something that you do 20 minutes on the plane towards your destination. Anyway, lovely photos and good luck!

  2. Marcos e Cláudia, fico maravilhada com as viagens de vocês. Ainda chego lá. Sou louca por conhecer a Rússia. Pena que a vida seja limitadora nos impedindo de conhecer todas as belíssimas paisagens e indescritíveis lugares que Deus nos proporcionou. Só posso dizer: aproveitem, desfrutem e continuem partilhando conosco essas viagens memoráveis.
    Abraços,
    Jucimara

  3. Cláudia e Marcos,

    Muito proveitosa a leitura de seu blog.
    Estou para ir a Rússia. Abraços,

    Luiz Alexandre
    de Porto Alere, RS.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s